Notícias
Mulher segurando chapéu de praia o que é fotoproteção | Dr kaliandra

O que é fotoproteção?

A pele é o nosso maior órgão, e sobre ela incidem diversos agentes, sendo o principal a radiação solar. A fotoproteção é o conjunto de medidas direcionadas a reduzir a exposição ao sol e prevenir os danos dessa exposição . As medidas envolvem uso de filtro solar tópico e oral, roupas de proteção, coberturas, óculos de sol, entre outros.

Tipos de radiação

O sol emite três tipos de radiação: a radiação ultravioleta, a de maior importância devido a relação direta com o câncer de pele, a radiação de luz visível, também emitida por lâmpadas e televisores, e também a infravermelho, emitida pelo sol e por aparelhos que produzem calor.

Radiação solar

A radiação solar ultravioleta é a responsável por promover os danos agudos e crônicos em nossa pele. Os agudos correspondem ao eritema, queimadura solar, a pigmentação e a produção de vitamina D. Já os danos crônicos envolvem o fotoenvelhecimento e o câncer de pele. O câncer de pele é o mais comum no homem, respondendo por 30% dos tumores malignos. Estudos comprovam que a exposição crônica e contínua está diretamente relacionada ao aparecimento do câncer de pele não melanoma, enquanto no caso do câncer de pele do tipo melanoma parece existir uma forte relação com a exposição aguda ao sol.

Filtros solares

Os filtros solares tópicos são produtos capazes de bloquear a radiação solar incidente na pele e seus danos. Reduzem a incidência de eritema, da queimadura, fotoenvelhecimento e do câncer de pele.

Os filtros são classificados em dois tipos: os físicos, que refletem a luz solar, e os químicos, que absorvem a radiação solar. Existem 35 substâncias aprovadas pela Anvisa para uso em filtros solares. Quando usados topicamente e nas concentrações determinadas pelas Anvisa, não há risco de carcinogênese.

Podemos associar junto aos filtros físicos, os fotoprotetores orais para auxiliar na proteção ao sol, como por exemplo a vitamina C e E, os carotenóides, como o licopeno, polypodium e os polifenóis, como o Resveratrol. É importante lembrar que o filtro solar tópico nunca deve ser substituído.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda o uso de filtro solar com fator proteção solar mínima de 30, de amplo espectro, atuando na radiação UVA e UVB.
O filtro deve ser passado antes da exposição ao sol e reaplicado de 2 em 2 horas . A quantidade a ser aplicada é de 2mg por cm quadrado de superfície corporal. De maneira mais simples, podemos usar a medida de uma colher de chá para rosto e pescoço, assim como braços e antebraços. Já no tórax e costas, são duas colheres de chá e duas também em cada perna. Lembre-se ainda que devemos evitar o sol entre 10h e15h, usar chapéus , óculos de sol e procurar sempre sombras.

Protegendo as grávidas e crianças

Em crianças antes dos 6 meses, não aplicar filtro solar, apenas proteção mecânica, evitando a exposição solar. Para crianças de 2 a 6 anos, devemos aplicar filtros de preferência físicos em cremes ou bastão, recomenda-se dar preferência para filtros em loções cremosas com fator de proteção acima de 30 fps, resistente à água e de ampla proteção.
Grávidas devem usar filtro solar de ampla proteção solar, preferencialmente filtros físicos, além de outros tipos de proteção à exposição solar.

Pele negra

Nas peles negras, também está indicado o uso de filtro solar fps 30, pois são pacientes com grande tendência à hiperpigmentação.

Esporte

No esporte, dar preferência ao filtros de ação UVA e UVB , de alta proteção, acima ou igual a 50 de fps, com resistência à água . No rosto, usar fórmulas em creme espesso ou bastão e, no corpo, em loção cremosa.

Para entender melhor sobre os cuidados com a sua pele, é melhor ter o parecer de um especialista de confiança. A Dra. Kaliandra é dermatologista no Rio de Janeiro e atende na Avenida Rio Branco, 185 – Sala: 403/404 – Centro, Rio de Janeiro. Telefone: (21) 3199-0400. Agende sua consulta!

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente

Whatsapp