Notícias
Foliculite|Sintomas, causas e tratamentos

Causas, sintomas e tratamentos da foliculite

A foliculite corresponde à infecção dos folículos pilosos, causada principalmente pela bactéria estafilococos, embora vírus e fungos também possam ser agentes envolvidos.

Os folículos pilosos ficam mais sujeitos à infecção quando sofrem danos, que podem ser decorrentes do barbear, atrito por roupa apertada, transpiração excessiva, escoriações, fitas adesivas na pele, entre outros.

Quais são os sintomas da foliculite?

A infecção aparece como se fosse uma pequena espinha, de ponta branca, em torno de um ou mais folículos pilosos, e fica avermelhada. Em alguns casos, a foliculite pode apresentar pus, e ser acompanhada de dor e coceira.

Quais são as causas da foliculite?

Existem pessoas com fatores de risco para desenvolver foliculite, como portadores de doenças imunossupressoras como a Aids, usuários de corticoides tópicos e orais, obesos, indivíduos que ficam em exposição prolongada à água quente, mulheres e homens que sofrem com alterações hormonais, pessoas que fazem uso de roupas que retenham calor por longos períodos, entre outros.

Tipos de foliculite:

    Entre as foliculites existentes, temos:
  • Foliculite estafilocócica.
  • Foliculite por pseudômonas.
  • Pseudofoliculite da barba ou sicose.
  • Foliculite pitirospórica.
  • Foliculite gram negativos.
  • Foliculite eosinofílica.

Quando há a infecção de vários folículos, chamamos de furúnculo. Já o aglomerado de furúnculos chama-se carbúnculo.

Tipos de tratamento para a foliculite

O tratamento, em geral, envolve antibióticos tópicos, lavagem do local afetado com água e sabonetes específicos, além de compressa morna para aliviar a dor.

Como prevenir o aparecimento da foliculite

Deve-se sempre manter a pele limpa, seca e livre de escoriações, e evitar sabonetes antissépticos rotineiramente.

No caso da pseudofoliculite da barba, é fundamental o uso de lâminas novas, gel de barbear e creme hidratante após o procedimento para reduzir o risco da foliculite. Casos graves e recorrentes de foliculite da barba devem ser tratados com depilação a laser.

Outra dica importante para evitar a foliculite, principalmente aquela que acomete as regiões glúteas, é a esfolição da pele com produtos específicos, ou com esfoliantes que podem ser feitos em casa, com ingredientes como aveia, iogurte natural e essência de lavanda. Lembre-se também de evitar roupas apertadas e abafadas.

A Dra. Kaliandra Cainelli, dermatologista no Rio de Janeiro, pode tirar todas as suas dúvidas e indicar o melhor tipo de tratamento.

Avenida Rio Branco, 185 – Sala: 403/404 – Centro, Rio de Janeiro.
Telefone: (21) 3199-0400. Agende sua consulta!

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente

Whatsapp