Notícias

Tudo sobre depilação a laser

Quase todas as mulheres se incomodam com os pelos do corpo e, se pudessem, gostariam de livrar-se deles para sempre. A depilação a laser promete diminuir consideravelmente o crescimento de pelos, porém, apesar de ter sido apelidada como depilação definitiva, os pelos voltam a crescer após um certo tempo.

Como funciona a depilação a laser?

Este método funciona progressivamente devido à ação do raio laser. O aparelho emissor age sobre os pelos e dispara o pulso laser. Os fótons de energia são absorvidos e o calor é liberado pelo bulbo na haste do pelo, ocorrendo a destruição térmica das suas estruturas.

A melanina do fio atrai e capta a energia do laser. Isso pode retardar ou destruir completamente a capacidade que o folículo tem de criar um novo fio. Mesmo que não eliminados completamente, os pelos crescem com a pigmentação mais clara e bem mais finos.

Resultados

A depilação a laser garante resultados satisfatórios e notáveis já na primeira sessão. Vale ressaltar que, quanto mais escuro e grosso o pelo for, melhores são os resultados. Os pelos demoram mais para voltar e crescem mais claros e finos. As áreas que melhor respondem ao procedimento são as pernas, a virilha, a barba e as axilas.

Uma das dúvidas de muitos pacientes é se a depilação a laser dói. Bom, cada indivíduo tem sua resistência, portanto, a dor varia. Geralmente, quem já está acostumado com depilação na cera aguenta o laser, já que é bem menos dolorido.

Quantas sessões são necessárias para obter o melhor resultado?

Para quem está começando, o ideal é a que as sessões sejam realizadas mês a mês. Depois de um ano de tratamento, a depilação será apenas para efeito de manutenção, podendo acontecer em espaços de quatro meses.

Atenção aos cuidados especiais

  • Tome cuidado com a exposição ao sol, tanto antes quanto depois da depilação.
  • Use protetor solar diariamente. O fator mínimo recomendado é de 30 FPS.
  • Um mês antes do procedimento, não se depile.
  • Faça uso de cremes hidratantes e calmantes nas áreas depiladas, pelo menos três vezes ao dia (manhã, tarde e noite).

Quem não deve fazer a depilação a laser?

As contraindicações são bem poucas, já que o procedimento não é muito complexo ou invasivo. Entretanto, pacientes com algum tipo de inflamação na área escolhida ou gestantes, não devem recorrer à depilação a laser.

Procure sua dermatologista

Cada clínica ou estabelecimento segue sua tabela de preços, mas o mais importante é procurar um profissional capacitado. A Dra. Kaliandra Cainelli é dermatologista e atende na Rua Real Grandeza, 108 – Sala 201, Botafogo, Rio de Janeiro. Telefone: (21) 2286-1692.

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente